Como aprender inglês em poucos meses?

Muitas pessoas me perguntam como é possível aprender inglês no menor tempo possível.

Antes de responder, eu me pergunto: será que essas pessoas querem mesmo aprender ou estão iludidas buscando um atalho mágico para ficar fluente em inglês da noite para o dia?

Vou assumir que o objetivo é mesmo aprender inglês e que a intenção é encontrar uma metodologia mais eficaz.

Talvez a pessoa também esteja buscando algumas dicas de sites que possam tornar o aprendizado mais divertido e mais dinâmico.

Sendo assim, vou compartilhar o que penso e o que acho mais adequado.

Melhor Curso de Ingles - Bandeira UK

Depois de pesquisar bastante a respeito, cheguei a seguinte conclusão: o que mais influencia no tempo de aprendizado do inglês é o tesão.

Calma, não tem conotação sexual. O tesão que eu me refiro é o de aprender ou ter acesso a algo que você deseja muito.

Por exemplo, eu adoro esportes. Seria perfeito se eu pudesse assistir um documentário em inglês falando sobre atletas de endurance, atletas olímpicos e sua preparação, etc.

Nesse caso, eu não precisaria entender absolutamente tudo ou me passar por nativo, o importante mesmo seria compreender a maior parte do vídeo sem precisar de auxílio.

Infelizmente, para a maioria das pessoas isso é impossível.

É isso que eu chamo de fluência: “a capacidade de se comunicar da forma mais simples possível, entendendo e fazendo-se entender“.

Vou abrir um parênteses jogo rápido. Se você também gosta de esportes, vai gostar bastante do documentário abaixo.

Voltando…

Todos nós sabemos que a maior parte do conhecimento mundial está em inglês.

Com exceção do mandarim, o inglês é a língua mais falada no mundo. Aproximadamente 400 milhões de pessoas ao redor do mundo usam o inglês como língua materna e quase 1.4 bilhão usam o inglês como segunda língua.

Atualmente, a língua inglesa é falada em 53 países. Os maiores portais de notícias postam seus artigos em inglês para que eles tenham o maior alcance possível.

Como Falar Inglês

Eu mesmo tive uma experiência interessante com o inglês.

Desde pequeno, meus pais sempre falaram para eu aprender inglês, que seria importante para mim no futuro e todo aquele blá blá blá que a gente já sabe.

Não sou o primeiro e não vou ser o último a deixar passar essa oportunidade na infância/adolescência e confirmar, na fase adulta, que os pais tinham razão.

Quem nunca viveu também aquela situação no trabalho ou numa entrevista de emprego quando alguém pergunta quem fala inglês?

E se for para atender uma chamada ao telefone? Pior ainda …

Mesmo que você não tenha vivido exatamente essas duas situações, deu para entender o contexto, não deu?

Aquela situação que você fica sem graça por algo que você gostaria de saber mas não correu atrás no melhor momento.

Enfim, vamos tentar contornar essa situação. O objetivo aqui é que você consiga pensar em inglês.

Outro termo bastante usado por quem deseja falar fluentemente é ter o inglês na ponta da língua.